logo4.gif










Acidentes com Animais
Podem-se observar entre os muitos casos que necessitam de primeiros socorros, alguns tipos de ocorrências que envolvem animais e insetos, quando as pessoas são mordidas por cães ou outros bichos, arranhadas, ou mesmo picadas por insetos, cobras etc.


Mordeduras: os tipos de ataques mais comuns em seres humanos resultantes em mordidas são os de cães e gatos, não sendo excluídos os fatos de mordidas de animais selvagens como cobras e roedores, que normalmente são mais graves devido ao maior risco de infecção e à peçonha de animais como algumas cobras. Os problemas acarretados em ataques de mordedura de animais podem incluir, dentre outras coisas:

-Raiva, que é uma infecção causada por vírus e ataca o sistema nervoso;
-Intoxicação por veneno, que pode ser causada no ataque de cobras ou outros animais peçonhentos;
-Hemorragias;
-Infecções por bactérias;
-Reações alérgicas;
-Tétano, que é causada em decorrência da liberação de uma toxina no organismo.


O que fazer nos casos de acidentes com animais?
       
      
Em casos de mordida de cães e gatos

-DesinfetaGato preto.r a região da mordedura;Cachorro.
 
-Certificar-se de que o cão é vacinado;
 
-Se houver inchaço aplique uma bolsa de gelo
 
-Levar a vítima para uma unidade de saúde, para que sejam feitos os procedimentos como possíveis suturas, vacinas, etc.

Em casos de mordida de ratos

-Lavar o ferimento com água corrente e sabão neutro por pelo menos cinco minutos;

-Desinfetar com álcool ou água oxigenada o local da mordedura;

-Se houver inchaço, aplicar gelo;

-Cobrir com uma compressa esterilizada o ferimento;

-Encaminhar o mais rápido possível a vítima a uma unidade de saúde, visto o grande risco infeccioso de uma mordedura causada por ratos.

Em casos de mordidas de cobras

-Deve-se, em primeiro lugar, providenciar um atendimento médico o quanto antes, conduzindo a vítima a uma unidade de saúde ou chamar o socorro previamente, informando, se possível, o tipo de cobra que atacou a vítima, caso saibam desta informação, ou, ainda, se houver a possibilidade, levar o animal morto, desde que isso não acarrete em outros riscos. A agilidade, nesses casos, é vital, pois a mordida de uma cobra peçonhenta pode matar em poucas horas;
 
Cobras.

-Após providenciar o socorro, acalme a vítima e coloque-a numa posição onde o local da mordida esteja abaixo do nível do coração, evitando que o veneno se espalhe com mais rapidez ;

-É necessário monitorar os sinais vitais da vítima, tais como pulsação, respiração, febre e, se houver sinais de estado de choque, tome os procedimentos necessários, tais como manter a vítima aquecida e com os pés levantados cerca de 30 cm. do chão.  

-Se possível, ligar antes para a unidade de saúde para onde se está levando a vítima, para que o soro antiofídico seja preparado com antecedência, uma vez que se deve ter o máximo de agilidade visando preservar a vida do indivíduo e evitando sequelas permanentes.

-Não permita que a vítima faça esforços físicos e, sendo possível, carregue-a até um local mais seguro. Não administre nada via oral sem recomendações médicas, não aplique torniquetes nem tente sugar o veneno.


Picadas de insetos e animais peçonhentos 
 Aranha.
Observa-se, em diversos exemplos, a ocorrência de picadas de insetos e outros animais como águas vivas e ouriços (em regiões de praia), principalmente em crianças que, devido a uma curiosidade maior, acabam tendo mais contato com este tipo de ocorrência.
 
Os ataques de insetos costumam ser de proporções mais graves quando em pessoas que são alérgicas; porém, há também casos de insetos peçonhentos como lacraias e escorpiões, por exemplo, que causam sérios danos ao organismo, caso não seja adotado um tratamento e um socorro adequado.

O que fazer nos casos de picadas de insetos

-Desinfetar o local da picada com álcool ou outro tipo de antisséptico o local da picada;
 
-Não tentar retirar o ferrão, espremendo ou com pinças, por exemplo; recomenda-se que se raspe levemente e cuidadosamente o local com uma lâmina;
 
-Atentar para casos de pessoas alérgicas, que demandam agilidade no atendimento médico;
 
-Devido ao inchaço que esses tipos de picadas geram, pode-se também aplicar gelo no local.
 


Em caso de picadas de ouriços, águas vivas, peixes venenosos etc.

-Ministrar álcool e gelo no local e procurar assistência médica.

 

 

Desmaios  <<--  Acidente com Animais  -->>  Convulsões







Site desenvolvido por KERDNA Produção Editorial LTDA